Passo a passo de como fazer um relatório de Marketing Digital 

 Marketing BI 
Aprenda a organizar e apresentar suas campanhas de Marketing Digital

Passo a passo de como fazer um relatório de Marketing Digital 

  

O Marketing Digital é o grande pilar de uma empresa. Não há como atingir o melhor desempenho se essa área não funciona em perfeita sintonia. Mas como ter a organização necessária para saber onde os seus esforços estão chegando? O relatório de marketing é a concretização do trabalho. Com resultados estruturados e bem apresentados, ninguém questionará a sua administração. Depois disso, é progresso atrás de processo.  

 

O que é um relatório de Marketing Digital?  

 

Antes de sair jogando todas as informações em uma planilha do Excel, você precisa conhecer os mínimos detalhes - e saber que existem outras formas de se organizar, mais visuais e práticas. Entenda que essa é a oportunidade do seu trabalho ser reconhecido. Por mais que a estratégia adotada esteja trazendo bons frutos, se os seus superiores (ou até você mesmo) não enxerguem a mudança, todo o seu esforço fica ao léu.  

Por isso, o relatório é um dos pontos mais essenciais do profissional de Marketing. O relatório é o ápice da estratégia, é o momento de olhar para trás e planejar o futuro com base no presente.  

 

Como montar um bom relatório?  

 

Comece separando todos os dados. Um bom relatório se baseia em uma boa demanda de números. Essas informações justificam o fim. Sabe aquele ditado em que os fins justificam os meios? No Marketing Digital a máxima é, justamente, ao contrário: os meios justificam os fins.  

A análise estratégica torna o Marketing Digital o Marketing Digital. Aqui, não nos valemos de errar para aprender. Podemos até errar, mas nunca será nossa premissa. Sabemos muito bem onde e como aplicamos cada nova técnica e, por isso, o relatório é o momento de apresentar todo método desenvolvido.  

 

Principais ferramentas  

 

  • Históricos de conversões de leads e vendas  

  Como você conseguiu gerar leads? As vendas foram concluídas depois de qual estratégia adotada? Essas duas perguntas devem guiar o início do seu relatório. É muito importante saber como, quando e por quê os leads foram gerados. Aqui você vai conseguir entender se o seu público-alvo funciona de forma padronizada e, consequentemente, construir estratégias mais eficientes.  

 

  • Relatório do Ping  

No mundo digital, a estabilidade do serviço é como o café em uma cafeteria: essencial. O profissional de Marketing precisa estar atento em possíveis instabilidades que podem atingir o site. Se o problema não for corrigido a tempo, a consequência é desastre anunciado: perda de leads e vendas. Afinal, se um lead não consegue acessar um site quando ele quer, seu concorrente será o próximo da lista.

Mais importante do que a estética do site é sua funcionalidade. Por mais perfeito que o site esteja, sua instabilidade pode colocar todo o trabalho por água abaixo. Com um relatório de Ping bem elaborado, que apresenta os erros mais recorrentes, novas campanhas de Marketing podem surgir e boas decisões podem ser tomadas; como, por exemplo, validar investimentos.  

 

  • Relatório de Comparador 

Como os seus concorrentes estão se saindo? 

Antes de responder essa pergunta, entenda quais são os seus concorrentes diretos e indiretos e como usá-los a seu favor

Para o relatório, é muito importante descrever o que a concorrência errou e o que acertou. É onde entra o ditado: aprenda com os erros dos outros. Não há técnica melhor para saber o que não fazer quando os números mostram as péssimas decisões alheias.  

A principal ferramenta para você ficar de olho na concorrência é o Comparador, da Metlycs. Com ele, você monitora as atividades de quem está oferecendo um produto igual ou similar ao seu. Você escolhe o que quer monitorar e ainda pode ser alertado por e-mail quando há importantes modificações.  

É uma forma automática de acompanhar sua concorrência, recebendo dados por e-mail no momento em que eles são colhidos.

 

  • Relatório Google Analytics 

É impossível fazer um bom relatório de Marketing sem o Google Analytics. A ferramenta consegue extrair todos os dados necessários para a análise de resultados. Ele mostra os acessos do site, separando os conteúdos com maior audiência, além dos dados diferenciarem Visitantes, Hits e Sessão. O Analytics também mostra as taxas de rejeição, o tempo que cada usuário ficou na página, quanto tempo ele demorou para exercer alguma ação e como ele chegou até ali. Para entregar um bom relatório de Marketing, o Google é o seu braço direito.  

 

  • CRM 

Customer Relationship Management, abreviado na sigla CRM, é, resumidamente, o relacionamento com o cliente. É essa ferramenta que proporciona a fidelização de clientes e possibilita a criação de um banco de dados, alimentado com informações dos clientes - que mais tarde servirão para gerar novos leads, já que você entenderá melhor o seu público-alvo. Ele também ajuda em treinamentos (de equipes internas e externas) e na expansão de novos canais personalizados.  

O CRM te mostra os números de conversões, durante um certo período, os fluxos de automação criados e como estão funcionando as campanhas de e-mails disparados. A ferramenta possibilita a personalização e, com isso, os dados ficam ainda mais ricos. Praticidade é o sinônimo do CRM. E é justamente essa praticidade que possibilita a cereja do bolo de um relatório de Marketing Digital. Afinal, estamos todos trabalhando para gerar novos leads e vender o nosso produto. 

 

A automação do Marketing Digital já é uma realidade e tende a tomar cada vez mais espaço no mercado. Ela já permite que gestores foquem mais em estratégia e menos em atividades rotineiras. 

Cadastro realizado com sucesso!
Não foi possível realizar o cadastro, tente novamente.
Receba nossa Newsletter